Indígenas protestam contra violência no Brasil

Centenas de indígenas e ativistas manifestaram-se na Avenida Paulista, a principal artéria da cidade brasileira de São Paulo, em protesto contra o aumento da violência de que são vítimas os grupos tribais.

Os manifestantes exigem mais proteção do Governo, liderado por Jair Bolsonaro, que acusam de pouco ou nada fazer para controlar as atividades ilegais nas reservas indígenas.

A manifestação serviu para protestar contra aquilo que chamam de "cultura de impunidade" que tem levado a dezenas de mortes por garimpeiros e madeireiros ilegais. Só este mês, seis indígenas foram assassinados em vários pontos do Brasil.

No ano passado, foram 176, de acordo com os dados do Conselho Indigenista Missionário.