Independência na Bahia: Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet participam de eventos em Salvador

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Presidente Jair Bolsonaro (PL) participa neste sábado (2) de motociata com apoiadores em Salvador (BA). (Foto: afP)
Presidente Jair Bolsonaro (PL) participa neste sábado (2) de motociata com apoiadores em Salvador (BA). (Foto: afP)

Os pré-candidatos à presidência da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB) estão em Salvador (BA) neste sábado (2).

Eles participam dos eventos em comemoração da Independência do Brasil na Bahia, marco do calendário baiano.

Tebet e Ciro participaram da "caminhada do 2 de Julho", que ocorreu na manhã deste sábado. Eles tiraram fotos com os participantes e aliados. Os dois chegaram a se encontrar e trocaram cumprimentos.

A caminhada saiu do Largo da Lapinha, passou pelas ruas do Centro Antigo de Salvador, até a região do Centro Histórico, onde ocorreu a primeira parte do desfile.

A partir das 10h30, está previsto o evento 'Grande Ato da Independência' com o ex-presidente Lula na Arena Fonte Nova. O petista estará acompanhado do governador da Bahia, Rui Costa, do senador Jaques Wagner, e do pré-candidato do PT ao governo do estado, Jerônimo Rodrigues (PT), além do senador Otto Alencar (PSD), candidato da chapa governista à reeleição no Senado.

Já o presidente Bolsonaro fez uma motociata pelas ruas da Orla Atlântica de Salvador. A concentração saiu às 8h do Farol da Barra, que fica a cinco quilômetros da Arena Fonte Nova. Inicialmente, a organização havia dito que a concentração do passeio ocorreria em frente ao estádio onde Lula estará presente, mas resolveram aumentar a distância do pré-candidato e de sua base aliada.

Bolsonaro esteve acompanhado do ex-ministro da Cidadania e pré-candidato ao governo da Bahia, João Roma (PL), além da pré-candidata ao Senado, Dra. Raissa Soares (PL).

Segurança do evento

De acordo com o G1, mais de mil agentes farão a segurança do cortejo cívico em celebração à Independência do Brasil na Bahia. Policiais militares, civis, técnicos e bombeiros participam da segurança.

A SSP (Secretaria de Segurança Pública) não revelou detalhes do esquema de segurança dos pré-candidatos, mas assegurou que “pontos de atenção serão monitorados", como locais com eventos públicos agendados e regiões com grande concentração de pessoas.

Independência

Na Bahia, a independência não se deu como proclamada em 7 de setembro de 1822. A luta só terminou depois da data comemorada nacionalmente porque, na época, os poucos portugueses que ficaram no país se mudaram para a Bahia e resistiram a deixar o poder. Depois de muitas batalhas sangrentas, os residentes conseguiram expulsar esses portugueses no dia 2 de julho de 1823, data considerada a verdadeira independência do Brasil na Bahia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos