Indignação mundial por ataque químico na Síria

As Nações Unidas e os governos de vários países condenaram nesta terça-feira os supostos ataques químicos contra civis na Síria e foram unânimes em responsabilizar o governo de Bashar al Assad. O exército sírio negou ‘categoricamente’ estar por trás do ataque.