"Indulto a Daniel Silveira vai ser obedecido por todos", diz Flávio Bolsonaro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Brazilian Senator Flavio Bolsonaro reacts during a ceremony at the Planalto Palace in Brasilia, Brazil February 2, 2022. REUTERS/Adriano Machado
Senador compareceu ao primeiro dia do desfile das escolas de samba no Rio nesta sexta-feira (22). Foto: REUTERS/Adriano Machado.

O senador Flávio Bolsonaro (PL), filho do presidente Jair Bolsonaro, respondeu em entrevista ao jornal "O Globo" que indulto a Daniel Silveira “será obedecido por todos” ele compareceu ao primeiro dia do desfile das escolas do Grupo Especial do Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (23).

Na entrevista na Sapucaí, o senador comentou “o melhor carnaval do mundo” e “alegria total”, sobre o carnaval e aproveitou para falar sobre o indulto concedido por Bolsonaro ao deputado bolsonarista Daniel Silveira (PTB), condenado a oito anos de prisão e a um pagamento de uma multa de R$200 mil reais pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

“Tenho certeza de que o presidente está no caminho certo. Ele não deixa nenhum soldado para trás. Por mais que não concorde com algumas coisas que o Daniel Silveira falava, com os exageros que falou, ele tem o direito de falar. O indulto usou a prerrogativa constitucional, e tenho certeza de que será obedecido por todos”, disse Flávio em entrevista ao O Globo.

O senador estava em um camarote no setor 3, nesta sexta-feira (22), que tinha música sertaneja e de rock , “o melhor carnaval do mundo''. Os turistas que não sabem para onde vir, venham pra cá. Alegria total”, afirmou.

Indulto a Daniel Silveira

O presidente Jair Bolsonaro (PL) anunciou na tarde da última quinta-feira (21), durante uma live em seu canal no Youtube, que vai conceder indulto ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ).

Com a decisão, o parlamentar vai ter perdão da pena e não perderá o mandato na Câmara dos Deputados, em Brasília. O indulto só pode ser concedido pelo presidente da República por meio de decreto, que segundo Bolsonaro vai ser publicado no Diário Oficial da União.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos