Indústria Espacial deve movimentar US$ 1 trilhão até 2040

Indústria Espacial deve movimentar US$ 1 trilhão até 2040, diz banco Citi. Foto: REUTERS/Steve Nesius
Indústria Espacial deve movimentar US$ 1 trilhão até 2040, diz banco Citi. Foto: REUTERS/Steve Nesius.
  • Relatório do banco Citi deste mês aponta que a indústria espacial deve atingir receita de US$ 1 trilhão até 2040;

  • Atualmente, poucos players comandam o setor, como a Virgin Galactic, de Branson, a SpaceX, de Musk, e a Blue Origin, de Bezos;

  • Em 2020, o valor da economia espacial mundial chegou a US$ 424 bilhões, de acordo com pesquisa da Space Foundation.

Relatório do banco Citi deste mês, divulgado pelo canal de negócios norte-americano CNBC, aponta que a indústria espacial deve atingir a receita astronômica de US$ 1 trilhão até 2040, com custos tecnológicos de lançamentos caindo em 95%.

Segundo a instituição financeira, o declínio adicional de custo de acesso ao espaço possibilitaria mais oportunidades para expansão e inovação tecnológicas, liberando mais serviços da órbita, como uma banda larga via satélite e manufatura.

Leia também:

A estimativa demonstra que a popularidade da tecnologia espacial já vai além da conversa pública e atinge o cotidiano dos investidores.

Contudo, atualmente, poucos players comandam o setor: são companhias dirigidas por bilionários, como a Virgin Galactic, por Richard Branson, a SpaceX, por Elon Musk, e a Blue Origin, por Jeff Bezos.

De acordo com pesquisa da Space Foundation, em 2020, o valor da economia espacial mundial chegou a US$ 424 bilhões. O número representou um aumento de 70% desde 2010.

Enquanto isso, o banco Citi estima que o custo para lançamento de foguetes caiu 40 vezes desde os anos 1980.

O bom resultado do setor vem alavancando os fundos de investimentos, que injetaram valores bilionários nas companhias espaciais.

Segundo relatório trimestral da Space Capital, só em 2021, empresas de infraestrutura espacial receberam US$ 14,5 bilhões de investimento privado de fundos de capital de risco.

*Com informações da Exame e CNBC.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos