Infecções por Covid-19 na Espanha aumentam após o Natal

·1 min de leitura
Pessoas fazem fila em Barcelona para receber vacina contra Covid-19

MADRI (Reuters) - A taxa de infecção por coronavírus na Espanha excedeu 1.000 casos por 100.000 pessoas pela primeira vez nesta segunda-feira, alimentada pela nova variante Ômicron, de rápida disseminação, embora os hospitais estejam sob menos pressão do que nas ondas anteriores da pandemia.

A taxa, registrada nos 14 dias anteriores, subiu para 1.206 casos após o fim de semana de Natal, de 911 relatados na quinta-feira, quando bateu pela primeira vez o recorde anterior de 900 casos estabelecido no final de janeiro.

O ministério acrescentou 120 mortes ao seu número de mortes por coronavírus desde quinta-feira, elevando o total para 89.139.

As mortes diárias têm oscilado abaixo de 100, número bem inferior ao cerca de 1.000 óbitos no pico da primeira onda no ano passado ou cerca de 600 em janeiro passado, quando a vacinação contra a Covid-19 estava apenas começando.

(Reportagem de Belén Carreño)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos