Inflação: Vídeo mostra preço de alimentos nos anos 90 e viraliza nas redes

Inflação: Vídeo mostra preço de alimentos nos 90 e viraliza nas redes sociais
Inflação: Vídeo mostra preço de alimentos nos 90 e viraliza nas redes sociais
  • Há 18 anos a caixa de leite era comercializada a R$ 0,69;

  • O pacote de 500 gramas de café custava R$ 2,20 em 1994;

  • Já o quilo da carne era comercializado em média a R$ 1,05

Apesar do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo -15 (IPCA-15) ter desacelerado de 2,25% em abril para 1,52% em maio, nos últimos 12 meses o índice acumula acumula alta de 14,02%. Como o medidor inflacionário influencia diretamente no preço dos alimentos, a cada ida ao supermercado, os brasileiros são surpreendidos com produtos com valores cada vez mais elevados.

Na esteira da inflação nos insumos alimentares, o “Canal 90" , que faz sucesso mostrando quanto custavam as coisas naquela época, comparou por meio de um vídeo os preços atuais dos alimentos com os que eram praticados em 1994. Por exemplo, uma caixa de leite que hoje não se encontra por menos de R$ 4, a 18 anos atrás era comercializada a R$ 0,69.

O vídeo publicado no Youtube faz um compilado de propagandas de tv da época. Enquanto brasileiros absolvem a alta de 3,84% no valor do pão francês, o vídeo mostra que na metade dos anos 90, o item indispensável ao desjejum dos brasileiros custava a bagatela de R $0,05 a unidade. Além disso, o pacote de 500 gramas de café podia ser encontrado na época por R$ 2,20.

Se atualmente o quilo do frango custa em média R$ 18,72, na publicação do Canal 90 o quilo da carne custava R$ 1,05, enquanto o quilo do contrafilé custava um pouco mais, R$ 3,96. Vale ressaltar, que o brasileiro que ganha um salário mínimo em 2022, gasta em média 3,11% de sua renda de R$ 1,2 mil na compra de carne de frango.

De 1994 até 2019, o real perdeu 83,25% de seu poder aquisitivo. Os dados são da pesquisa realizada pelo matemático financeiro José Dutra Vieira Sobrinho, que usou como base a inflação de 496,88% de 1º de julho de 1994 até 1º de fevereiro de 2019. A conclusão é: apesar do salário em 1994 ser de R$ 64 e hoje ser R$ 1.212 era possível comprar mais e melhor a 18 anos atrás.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos