Influenciador morre espancado e polícia investiga crime de homofobia em SP

·1 min de leitura
Glau não resistiu aos ataques - Foto: Reprodução/Instagram
Glau não resistiu aos ataques - Foto: Reprodução/Instagram
  • Glau Duarte foi atacado após um show em Ubatuba, litoral de São Paulo

  • Ele chegou a ser hospitalizado, mas morreu na manhã do dia seguinte

  • A família e os amigos da vítima garantem que o crime aconteceu por homofobia

Um influenciador morreu na última quinta-feira (20) em Ubatuba, litoral de São Paulo, após ser espancado. Glaubedson Duarte foi encontrado desacordado na praia de Itaguá, após o ataque.

Conhecida como Glau Duarte, a vítima tinha mais de 120 mil seguidores no Instagram, onde mostrava seus trabalhos como cabeleireiro e maquiador.

Glau era natural de Embu das Artes, também em São Paulo, e passava as férias em Ubatuba. Na noite de quarta-feira (19), foi a um show de pagode com um grupo de amigas e, na saída, avisou que pararia em um quiosque antes de retornar à pousada.

Horas depois, as amigas foram alertadas de que o rapaz havia sido encontrado ensanguentado, desacordado e seminu na praia. Uma enfermeira que passava pelo local percebeu a presença da vítima e acionou o socorro, que a levou à Santa Casa.

Glau foi hospitalizado e recebeu tratamento, mas não resistiu. O óbito foi confirmado na manhã de quinta.

Suspeita de homofobia

A família e as amigas do influenciador garantiram que o crime foi motivado por homofobia. A polícia não descartou a possibilidade e segue investigando o caso.

Segundo a corporação, Glau também teve o celular roubado na ação. O criminoso ainda não foi identificado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos