Influenciadora e ativista Belly Palma morre após sofrer engasgo

Belly Palma, influenciadora e ativista, morre aos 29 anos. (Foto: Reprodução)
Belly Palma, influenciadora e ativista, morre aos 29 anos. (Foto: Reprodução)

A influenciadora Izabelle Palma, conhecida como Belly, morreu após sofrer um engasgo. Conhecida por seu trabalho como ativista de moda inclusiva para pessoas com deficiência, a jovem de 29 anos teve uma parada cardiorrespiratória na sexta-feira (26) e teve morte encefálica na última segunda-feira (29).

A informação foi confirmada pela equipe da influenciadora através nas redes sociais: "É com imenso pesar que comunicamos o falecimento da nossa amada, querida amiga e companheira de jornada, Belly".

"Belly sofreu um engasgo seguido de uma parada cardiorrespiratória na última sexta-feira. Todos os primeiros socorros foram prestados e conseguimos levá-la ao hospital, onde ela seguiu internada até hoje, segunda-feira (29/08/2022), quando veio a óbito por Morte Encefálica", diz a nota.

"Em nome da família e amigos desejamos toda luz, força e conforto aos que ficam. Belly foi um exemplo de amor, alegria, resiliência, superação e esforço em sua vida pessoal e Luta das Pessoas com Deficiência no Brasil. Que fique sempre registrado cada momento, pensamento e reflexões que ela trouxe e que se transforme em um legado de amor, gratidão e inspiração para todos nós", completou. A equipe informou no comunicado que ainda divulgará as informações sobre o velório e sepultamento de Belly.

Aos 29 anos, Izabelle Marques tinha mais de 10 mil seguidores no Instagram, se formou em administração de empresas e entrou para a lista Forbes Under 30. Em seu trabalho como influenciadora digital, ela buscava a inclusão na moda.

Belly nasceu com mielomeningocele, também conhecida como espinha bífida aberta, que causa uma má formação na medula espinhal, e por isso andava de cadeira de rodas.