Inmet: massa de ar seco mantém baixa umidade no Centro-Oeste e Sudeste

A massa de ar seco que abrange as regiões Centro-Oeste e Sudeste deve predominar ao longo da semana. Com isso, espera-se que não ocorra formação de nuvens, nem de chuvas, o que deve resultar em “baixos índices de umidade relativa do ar nestas áreas”, informou o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

De acordo com o informativo meteorológico divulgado neste início de semana pelo Inmet, os maiores acumulados de chuvas são previstos para a Região Norte, onde podem passar de 70 milímetros (mm) no extremo norte de Roraima e do Amapá e noroeste do Amazonas e do Pará.

Nas demais áreas da região, os acumulados de chuva previstos serão inferiores a 10 mm.

Para a Região Nordeste, não são esperados “volumes de chuva significativos”. O Inmet, no entanto, estima que o tempo permaneça instável “especialmente no leste, onde não se descarta a ocorrência de chuva de forma isolada”.

A passagem de uma frente fria pela Região Sul causará instabilidade em áreas do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e no leste do Paraná na sexta-feira (29). Segundo o Inmet, os acumulados previstos deverão ficar na faixa de 30 mm.

 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos