Inscrições de bolsa de R$ 1.000 para estudantes de SP começam nesta quinta

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Estudantes do ensino médio e do 9º ano do ensino fundamental da rede estadual de São Paulo podem fazer a partir desta quinta-feira (2) a inscrição para o programa Bolsa do Povo Educação, que irá pagar R$ 1.000 ao ano para alunos considerados vulneráreis.

Para receber o recurso é preciso constar no CadÚnico (Cadastro Único). De acordo com a Secretaria Estadual da Educação, serão R$ 100 milhões para pagamento em 2021 -neste ano o dinheiro será pago proporcionalmente aos meses estudados- e R$ 300 milhões estão programados para o ano letivo de 2022.

As inscrições deveriam ter começado na segunda-feira (30), mas o governo João Doria (PSDB) mudou o calendário. Agora elas vão até 13 de setembro pelo site https://www.bolsadopovo.sp.gov.br/.

Os pagamentos estão condicionados à frequência escolar mínima de 80%, à dedicação de duas a três horas de estudos pelo aplicativo Centro de Mídias SP e à participação nas avaliações de aprendizagem. Os estudantes da 3ª série do ensino médio devem ainda realizar atividades preparatórias para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

Dados da secretaria indicam que há 3,5 milhões de estudantes matriculados na rede estadual de ensino, com cerca de 770 mil em situação de pobreza ou extrema pobreza. Destes, 1,2 milhão estão no ensino médio, sendo 267 mil em vulnerabilidade.

O governo Doria foi questionado sobre os motivos para o aditamento do início das inscrições, mas não havia respondido até a conclusão desta reportagem.

COMO SE INSCREVER

De 2 a 13 de setembro

Acesse o site https://www.bolsadopovo.sp.gov.br/ Após realizar a manifestação de interesse, o estudante será notificado via e-mail, SMS ou pela SED (Secretaria Escolar Digital) para a confirmação dos critérios de elegibilidade Será disponibilizado um Termo de Responsabilidade que deve ser, obrigatoriamente, assinado para que o estudante esteja apto a receber o benefício No caso dos estudantes menores de 18 anos, a assinatura deve ser feita por um responsável legal

QUEM TEM DIREITO

Alunos matriculados no ensino médio e na 9ª série do ensino fundamental da rede estadual de ensino Devem estar inscritos no CadÚnico

Valor R$ 1.000 por ano, em valor dividido em parcelas mensais

Período Até o final de 2022

Haverá distribuição proporcional ao ano letivo em 2021

Regras

- Frequência escolar mínima de 80%

- Estudar duas horas por dia pelo aplicativo do Centro de Mídias

- No 3º ano, também será preciso realizar atividades de preparo para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio)

Fonte: Governo do Estado de São Paulo

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos