Inscrições para blocos de Carnaval em SP começam no próximo dia 15

·3 minuto de leitura
*ARQUIVO* Sao Paulo, SP, BRASIL, 29-02-2020:  Carnaval em Sao Paulo .Blocos de rua.   Muitos vendedores de cerveja, refrigerante  e agua  da AMBEV aguardam inicio do desfile do bloco Trio Bell Marques na av Pedro Alvares de Cabral, no Ibirapuera. (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)
*ARQUIVO* Sao Paulo, SP, BRASIL, 29-02-2020: Carnaval em Sao Paulo .Blocos de rua. Muitos vendedores de cerveja, refrigerante e agua da AMBEV aguardam inicio do desfile do bloco Trio Bell Marques na av Pedro Alvares de Cabral, no Ibirapuera. (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Prefeitura de São Paulo anunciou que os blocos podem fazer inscrições a partir do próximo dia 15 para o Carnaval do ano que vem. A gestão Ricardo Nunes (MDB) estima em 15 milhões o número de pessoas para as festas de rua em 2022. As inscrições vão até 5 de novembro.

De acordo com a prefeitura, será dada prioridade para os blocos tradicionais dos Carnavais passados na cidade.

O edital para patrocinadores do Carnaval, ainda de acordo com a prefeitura, será disponibilizado no próximo dia 18.

A publicação, informando sobre a organização de desfiles de escolas de samba, ocorre em 18 de novembro, ainda de acordo com a prefeitura.

Apesar do planejamento, a festa não está ainda liberada, como salientou o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, em entrevista coletiva nesta terça-feira (5). "A realização do evento vai depender do quadro sanitário no ano que vem", ressaltou o titular da pasta da Saúde.

Aparecido frisou que apesar de ainda não ter um aval da Vigilância Sanitária, a cidade não pode deixar de se preparar para um evento deste tamanho que, segundo a prefeitura, deverá ser um dos maiores carnavais de rua da história.

A cidade, inclusive, já se prepara para flexibilizar o uso de máscaras em locais abertos quando a cidade alcançar 90% de pessoas imunizadas com duas doses de vacina contra a Covid-19, o que está previsto para a próxima semana.

Nunes já havia afirmado, na manhã de segunda-feira (4) que sua gestão já havia iniciado os preparativos para o Carnaval 2022, e que a folia deve ocorrer sem restrições na capital paulista. A fala do prefeito ocorreu durante outra entrevista coletiva, na qual falou também sobre a dose adicional da vacina contra Covid-19 para profissionais da saúde.

Ao ser questionado se seguiria os passos do prefeito do Rio de Janeiro, (PSD), que anunciou a folia do próximo ano sem restrições, Nunes disse que poderá ir nessa linha se os números da Covid-19 continuarem em queda. "A tendência, hoje, é que tenha o Carnaval. Muito provavelmente teremos Carnaval se continuar com os dados de hoje, com esse aumento da vacinação, com essa queda do número de óbitos", disse o prefeito.

Nunes explicou ter criado um grupo com o intuito de analisar a viabilidade do Carnaval em São Paulo, um dos maiores do país. "Instituímos um grupo de trabalho para tratar sobre o assunto, inclusive com a participação da Vigilância Sanitária".

O prefeito afirmou que tem conversado com a Liga das Escolas de Samba e com os responsáveis em organizar o Carnaval de Rua para que tudo possa ser realizado dentro dos protocolos, mesmo com uma estimativa de público recorde. "Em tendo o Carnaval de Rua, vai ser o maior Carnaval de Rua, a gente está estimando em 15 milhões de pessoas".

A própria Liga das Escolas anunciou em seu site, em 15 de setembro, que os preparativos oficiais para o Carnaval de São Paulo, para 2022, começaram após a publicação, no mesmo dia, no Diário Oficial do Município, sobre o tema.

A entidade ressalta um trecho da publicação, no entanto, em que é destacado que as "condições epidemiológicas" relacionadas ao novo coronavírus podem contribuir para um eventual cancelamento dos desfiles.

Na última sexta-feira (1º) o prefeito também anunciou a retomada das obras da Fábrica do Samba, na Barra Funda (zona oeste de SP), prevendo a entrega do local para 21 de fevereiro de 2022, pouco antes do Carnaval 2022, com datas previstas entre 26 de fevereiro a 1º de março, caso ocorra o evento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos