Inscrições para concurso da Polícia Federal terminam nesta terça-feira; são oferecidas 1.500 vagas

Extra
·2 minuto de leitura

Termina nesta terça-feira (dia 9), às 18h, o período de inscrições para o concurso da Polícia Federal (PF) com a oferta de 1.500 vagas para ambos os sexos. Há ainda expectativa de que mais 500 excedentes também sejam convocados. O cadastramento pode ser feito pelo site www.cebraspe.org.br/concursos/pf_21.

O processo seletivo terá oportunidades para delegado, agente, escrivão e papiloscopista. Para todos os cargos, há exigência de apresentação de diploma de conclusão de curso superior. No caso dos candidatos a delegado, é preciso ter graduação seja em Direito. Há reserva de vagas para negros e portadores de deficiência.

As taxas de inscrição variam de R$ 150 (agente, escrivão e papiloscopista) a R$ 250 (delegado). Vale destacar que também é preciso ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria "B" (pelo menos).

Distribuição dos cargos

- 123 postos para delegado

- 400 vagas para escrivão

- 84 chances para papiloscopista

- 893 oportunidades para agente

Salários oferecidos

Delegado - R$ 23.692,74

Escrivão - R$ 12.522,50

Agente - R$ 12.522,50

Papiloscopista - R$ 12.522,50

Etapas da seleção

A primeira etapa do concurso é composta por provas objetiva (120 questões) e discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, marcadas para 21 de março.

Depois, em maio, haverá exame de aptidão física, além de avaliações médica e psicológica, que estão previstas para o mês de junho. Para o cargo de delegado, também haverá avaliação de títulos e prova oral (com questões de Direito Administrativo, Constitucional, Penal e Processual Penal). No caso da função de escrivão, haverá prova prática de digitação.

Aqueles que passarem por todas essas etapas — incluindo investigação social — deverão participar, em agosto, de um curso de formação na Academia Nacional de Polícia, que fica em Brasília, com duração de dez semanas, em regime de internato. O preenchimento dos cargos deverá ocorrer até o fim do ano de 2021.

Segundo o edital, os aprovados na seleção vão ingressar na academia ainda em agosto de 2021. A estimativa é que no fim do processo, a PF conte com "o maior efetivo de sua história", podendo ultrapassar a marca de 12 mil policiais.