Inscrições para concurso da Polícia Rodoviária Federal, com 1500 vagas, terminam nesta sexta-feira

Extra
·2 minuto de leitura

O prazo para a inscrição no concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF) termina nesta sexta-feira, 12 de fevereiro. A seleção é para 1500 vagas e contempla ambos os sexos. O salário inicial de um policial rodoviário federal é de R$ 9.899,88, para uma jornada de 40 horas semanais, com direito a R$ 458 de auxílio-alimentação e R$ 321 de auxílio-saúde.

Para se candidatar é preciso ter ensino superior em qualquer área de formação. Cursos de tecnólogo também serão aceitos, desde que tenham a chancela do Ministério da Educação. Também é preciso ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou Permissão para Dirigir Veículos Automotores (PPD) de categoria B ou superior.

Segundo o edital, do total de vagas disponíveis, 1.125 serão destinadas a ampla concorrência, 300 serão voltadas para candidatos negros, e 75 serão reservadas a pessoas com deficiência.

As inscrições poderão ser feitas pela página cebraspe.org.br/concursos/. A taxa de participação é de R$ 180.

A seleção terá provas objetiva e discursiva (incluindo redação), com questões de Português, Raciocínio Lógico-Matemático, Informática, Ética e Cidadania, Geopolítica, Língua Estrangeira, Legislação de Trânsito, Direito e Direitos Humanos. Contará ainda com exame de aptidão física (com testes de flexão e corrida), avaliações psicológica e de saúde e análise de títulos. Haverá também uma investigação social.

Os selecionados vão passar por um curso de formação policial, a ser realizado em Florianópolis (SC), em regime de dedicação integral e exclusiva.

Leia também:

Como o concurso tem abrangência nacional, o candidato aprovado também poderá ser transferido para qualquer estado, devendo permanecer na lotação de origem por até três anos antes de pedir mudança, exceto por necessidade da própria PRF.

Há expectativa também de que, além das 1.500 vagas inicialmente previstas, haja a convocação de mais 500 aprovados em 2022, totalizando um contingente de dois mil novos policiais rodoviários federais no país.