Inscrições para FIES 2016 começam hoje

FIES

No segundo semestre de 2016, o Ministério da Educação (MEC) dará uma nova chance a quem precisa de ajuda financeira para fazer um curso superior.

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa de crédito estudantil que financia cursos em instituições privadas com boa avaliação junto ao MEC. A diferença entre os demais financiamentos disponíveis no mercado é que o FIES tem taxas de juros mais baixas e permite pagar a dívida em muitos anos, só depois da formatura.

No entanto, conseguir esse benefício não é fácil. Desde que foi transformado em processo seletivo e teve o número de financiamentos reduzido, o FIES está mais competitivo a cada edição.

Se você está planejando entrar na disputa por um financiamento do FIES em 2016, prepare-se! As inscrições iniciam logo mais. Confira o guia rápido que preparamos com todas as dicas para você se dar bem neste ano.


Inscrição do FIES 2016

As inscrições para a segunda edição do FIES 2016 abrem no dia 24 de junho e encerram no dia 29 do mesmo mês. O prazo é curto. Os candidatos terão poucos dias para tentar encontrar o curso desejado e ir monitorando suas opções, caso a nota de corte para conseguir o benefício fique muito acima da sua (vamos falar disso mais adiante).


Como fazer a inscrição do FIES 2016

A inscrição para o FIES 2016 é feita somente pela internet. No período determinado, de 24 a 29 de junho, o candidato deve acessar o site oficial do FIES Seleçãoe clicar na opção “Primeiro Acesso”.

É obrigatório preencher todos os outros campos solicitados. Caso atenda aos pré-requisitos necessários, o participante poderá escolher o curso, a universidade e o turno que deseja estudar entre as opções disponíveis no sistema.

O FIES 2016 não será prorrogado. Quem quiser concorrer a um financiamento estudantil deve ficar bem atento às datas.


Quem pode participar do FIES 2016?

O FIES é voltado para estudantes de baixa renda que não têm condições de bancar uma faculdade privada.

Para participar, é necessário comprovar renda familiar mensal bruta de no máximo três salários mínimos por pessoa.

Também precisa ter participado de alguma edição do Enem a partir de 2010. Há um requisito de desempenho nesse caso: só concorre quem alcançou nota mínima de 450 pontos nas provas objetivas e acima de zero na redação.

Ao acessar o sistema durante o período de seleção, o FIES recupera automaticamente o seu melhor desempenho nos últimos anos - caso o candidato tenha feito mais de um Enem.

As notas mínimas da prova e da redação têm que ser de uma mesma edição do Enem.


Quais cursos estão disponíveis no FIES 2016?

O FIES tem uma longa lista de curso e instituições. Existe financiamento para graduações em diversas áreas, de Administração a Zootecnia.

No entanto, nesta edição o FIES deve destinar boa arte das vagas para as áreas consideradas prioritárias, que são aquelas que o Brasil mais precisa atualmente: Saúde, Engenharia e Formação de Professores.

Poucos dias antes de abrirem as inscrições o MEC costuma divulgar a lista com todas as vagas que estarão disponíveis para o FIES. Fique ligado!


É fácil ganhar o FIES 2016?

Desde a última mudança radical em 2015, quando passou a operar como processo seletivo, o FIES tem ficado mais difícil de conseguir.

É que antes qualquer estudante que cumprisse os requisitos de participação e quisesse um financiamento a juros baixos subsidiado pelo Governo podia pedir o financiamento.

Agora, com a recessão econômica, o FIES teve que se adaptar aos novos tempos. Como o número de vagas diminuiu substancialmente, o novo formato dá prioridade aos candidatos de baixa renda com melhor desempenho no Enem.

Por isso, obter financiamento para certos cursos, como Medicina, têm exigido uma nota mínima de entrada que em alguns casos pode ser bem alta, acima de 700 pontos. O mesmo acontece com algumas engenharias, como a Civil e a Química, por exemplo.

Em outros casos é possível obter financiamento com apenas a nota mínima exigida (450 pontos). Acontece com frequência nos cursos de licenciatura, como Pedagogia.

Mas tudo pode mudar. A pontuação mínima para passar no FIES varia de acordo com o curso, a popularidade da instituição, a cidade e até o turno escolhido.

A dica é ficar ligado na nota de corte durante o processo seletivo. Nesta edição do FIES 2016 elas serão divulgadas todos os dias no sistema do FIES Seleção. Se a nota estiver muito acima da sua, é possível tentar vaga em outra instituição, campus, ou mesmo em um curso diferente até o término do processo, às 23h59 do dia 29 de junho.


Divulgação dos resultados do FIES 2016

Os resultados do FIES 2016 serão divulgados no dia seguinte ao término das inscrições, 30 de junho.

Depois disso, os candidatos pré-selecionados devem seguir para a segunda etapa do processo, que consiste na informação de dados para financiamento no SisFIES e seguir todos os procedimentos divulgados pelo MEC, como comprovação de documentos na faculdade e contratação do financiamento no banco, por exemplo. Cada etapa tem um prazo bem definido para acontecer. Fique ligado!

Por que o FIES é interessante?

O principal diferencial do FIES é a facilidade de pagamento oferecida pelo Governo. Confira alguns pontos positivos do programa:

-Juros mais baixos que os praticados no mercado.
-A dívida só começa a ser paga depois da formatura.
-A dívida pode ser diluída em parcelas mensais por muitos anos.
-Possibilidade de abater parte da dívida em troca de trabalho (para médicos e professores).

Onde estudar com o FIES 2016

Até a divulgação da lista com todas as instituições participantes do FIES 2016, não dá para ter uma ideia muito clara das opções que estarão disponíveis nesta edição. Mas o fato é que só participam do FIES instituições que têm boa avaliação junto ao Ministério da Educação (MEC).

Confira algumas faculdades que tradicionalmente participam do FIES:

-Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
-Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)
-Universidade de Franca (UNIFRAN)
-Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)
-Faculdade Nordeste (FANOR | DeVry) - em Fortaleza
-Faculdade Boa Viagem (FBV | DeVry) - em Recife
-Faculdade Ruy Barbosa (Ruy Barbosa | DeVry) - em Salvador

Veja também:
Calendário Enem 2016

Vai tentar um financiamento do FIES este ano? Em qual curso? Conte para a gente nos comentários!