Inspirado por Lisa, do Blackpink, MC Bin Laden lança funk sobre mulher independente

Louise Queiroga
·2 minuto de leitura

Desde que o cantor Kai, membro do EXO, fez um gesto numa live para imitar Neymar quando faz gol, o MC Bin Laden, criador do passinho, vem escutando músicas de K-pop e compartilhando suas opiniões sobre elas nas redes sociais. O funkeiro admitiu que curtiu muito o som de vários grupos sul-coreanos e começou a sentir novas fontes de inspiração para compor. E foi assim que surgiu a música "Lisa", lançada nesta sexta-feira, dia 26. O MC contou que a ideia para a canção veio das cenas em videoclipes da integrante do Blackpink com este mesmo nome.

O funkeiro disse que alguns comentários nas redes sociais contém críticas devido a uma interpretação errônea de seu objetivo, que foi descrever uma mulher independente que mora em periferia brasileira. Mas ao EXTRA, ele explicou que embora a artista tailandesa tenha servido de base para seu trabalho recente, ela não é o tema central da letra.

— Na verdade, tipo assim, a música foi inspirada na vibe que ela traz num clipe. Algumas pessoas estão achando que estou me referindo a Lisa, mas não estou. Peguei como inspiração para idealizar uma música voltada para uma menina que é periférica aqui no Brasil. O tipo que a gente vê crescer, se sustenta, faz o próprio corre dela, ganha o seu próprio dinheiro, que não depende de homem pra nada, entendeu? Tem essas características, de que ela é dona da vida dela. Faz o que ela quiser e é isso. É uma mina que veio de baixo e conquistou.

Embora tivesse a vontade prévia de fazer uma música pensando em mulheres independentes, trabalhadoras e decididas, o artista tinha a sensação de que faltava algo. E foi isso que ele encontrou na Lisa do Blackpink.

— Então, assim, mentalizei uma menina que é chave, só que eu não conseguia terminar e tal. Aí acabei me inspirando nela para poder fazer a letra, tá ligado? Mas eu não posso, tipo, retratar a Lisa na música, falar da Lisa na música porque eu não conheço a história dela a fundo. Eu acho que seria uma falta de respeito com os fãs, com os seguidores dela, que já a conhecem ela há muito tempo, já conhecem a história dela.

MC Bin Laden contou que já teve ideias de músicas enquanto ia à praia ou andava de moto, mas ultimamente, por permenecer mais em casa do que antes, sofreu com uma espécie de bloqueio criativo.

— Escolhi a Lisa porque ela tem mais esse estilo chavosinha. E é muito difícil você ter inspiração ficando dentro de casa, sem fazer nada, sem ter contato com pessoas. Então, de algum lugar tem que vir a inspiração. De algum lugar, de algum jeito tem que vir algo para você criar — afirmou MC Bin Laden, referindo-se à necessidade de evitar situações de aglomeração durante a pandemia.