INSS: bancos podem oferecer consignado com nova margem

As novas regras estipulam que os usuários podem sacar até 70% do limite do cartão em dinheiro (Getty Image)
As novas regras estipulam que os usuários podem sacar até 70% do limite do cartão em dinheiro (Getty Image)
  • Aposentados e pensionistas terão um limite maior de crédito

  • Cartões não possuem anuidade e oferecem seguros

  • Pessoas que recebem benefícios também serão contempladas

A partir desta semana, todas as instituições financeiras do país já podem oferecer o novo cartão de benefícios consignado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) . Com a mudança, até 45% do benefício recebido por aposentados e pensionistas poderá ser comprometido com a modalidade de crédito.

Depois da alteração, as margens passam para 35% com o empréstimo pessoal consignado e 5% com o cartão de crédito. As novas regras estipulam que os usuários podem sacar até 70% do limite do cartão em dinheiro.

Na modalidade oferecida para quem pode utilizar o crédito consignado não existe a cobrança de anuidade e são oferecidos ainda seguro de vida, auxílio e assistência funeral e descontos em farmácia.

Os segurados ainda podem ter até 40 dias para pagar a fatura. Caso não quitem uma dívida acima dos 5% descontados em folha, a taxa de juros é de 3,06% ao mês.

"Os beneficiários do Auxílio Brasil também entrariam nessa margem de 45%, além dos aposentados, pensionistas e beneficiários do BPC, que são pagos pelo INSS. No entanto, o governo federal agora afirma que eles não terão direito à essa linha de crédito no momento", avalia Adriane Bramante, presidente do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP), sendo o Portal IG.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) confirmou para a imprensa que os beneficiários de BPC também estão contemplados nessa modalidade. Com a edição da medida, o consignado foi ampliado para mais de 52 milhões de pessoas.