INSS: saiba como comprovar a Prova de Vida

·2 min de leitura
INSS irá cruzar informações da instituição com base de dados para conferir a vida dos beneficiários. (Getty Imagens)
INSS irá cruzar informações da instituição com base de dados para conferir a vida dos beneficiários. (Getty Imagens)
  • INSS possui mais de 36 milhões de aposentados e pensionistas;

  • De movimentação bancária a uso do aplicativo 'Meu INSS' serão válidos como prova de vida;

  • Beneficiários devem ir às agências em último caso.

Na última quarta-feira (02/03) o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) anunciou novos processos para assegurar a vida dos aposentados e pensionistas. Já nesta quinta-feira (03/02) a instituição publicou uma portaria com as novas regras da prova de vida.

A prova de vida é uma garantia de que a pessoa está viva e garante a continuidade do pagamento. Hoje o INSS tem cerca de 36 milhões de aposentados, pensionistas que recebem seus pagamentos por meio de conta corrente, poupança ou cartão magnético.

Leia mais:

A prova de vida é obrigatória para todos os beneficiários da Previdência Social.

O órgão fará a conferência em base de dados do governo federal, estadual, municipal e de instituições privadas para garantir a vida dos aposentados e pensionistas.

Confira abaixo o que o INSS irá considerar como prova de vida:

  • Perícia médica realizada no sistema público ou privado, tanto por tele consulta como presencial;

  • Comparecimento em campanha de vacinação;

  • Cadastro ou recadastramento em órgãos de trânsito

  • Renovação ou inclusão no Cadastro Único;

  • Votar em pleitos ou eleições;

  • Emissão ou renovação do RG (Registro Geral), CNH (Carteina Nacional de Habilitação), carteira de trabalho, alistamento militar, passaporte e outros documentos que exijam a presença do cidadão ou reconhecimento biométrico;

  • Declaração do Imposto de Renda, tanto como titular ou como dependente;

  • Atendimento presencial nas agências do INSS;

  • Reconhecimento biométrico em instituições bancárias;

  • Cadastro e acesso ao aplicativo Meu INSS

A prova de vida nas agências bancárias e nos postos do INSS continuam valendo. Será oferecido aos beneficiários meios digitais para que o segurado não precise sair de casa. Em último caso o aposentado ou pensionista deverá regularizar a situação nas unidades de bancos ou da Previdência Social.

O INSS irá notificar o beneficiário um mês antes sobre a necessidade de realizar a prova de vida de maneira presencial, quando não for possível a comprovação de vida por meios digitais.

Meu INSS

Os beneficiários podem realizar a prova de vida por meio do aplicativo 'Meu INSS'. Basta baixar o aplicativo no seu celular, preencher com as informações necessárias e acessar o 'selo ouro' no programa.

A certificação garante o alto grau de confiança e é conquistado por meio do cadastramento biométrico e facial realizado no próprio aplicativo e conferido com a base de dados de carteiras de identidade e carteira de motorista, por exemplo.

A Previdência Social tem até dia 31 de dezembro deste ano para colocar em atividade a prova de vida digital. Durante o período de transferência de modalidade da certificação de vida, nenhum beneficiário terá o pagamento suspenso por não comprovação de vida.

Com informações de G1 e IG.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos