Instagram barra lives de Nikolas Ferreira e suspende conta reserva, mas não revela motivos

Em pouco mais de uma semana, o deputado eleito Nikolas Ferreira (PL-MG), aliado do presidente Jair Bolsonaro, foi alvo de duas punições no Instagram. Primeiro, ficou sem permissão para fazer lives após um bloqueio motivado por violar regras da plataforma. Depois, teve uma conta reserva, com 2,2 milhões de seguidores, suspensa.

Nos dois episódios, as medidas foram revertidas após recursos. Procurada nos dois momentos, a plataforma da Meta não quis informar ao Sonar o que motivou as decisões em série na reta final das eleições, nem por que recuou dos bloqueios. As ações de moderação só se tornaram públicas porque foram divulgadas pelo político. Com frequência, bloqueios e punições das redes têm sido explorados por bolsonaristas para mobilizar seus apoiadores.