Instagram: usuários de várias partes do mundo registram instabilidade

Usuários do Instagram em diversas partes do mundo relatam instabilidade na rede. No Twitter já foi criada a #instragramdown. Segundo os usuários, o aplicativo se fecha automaticamente ao tentar acessá-lo.

Twitter: Veja a cronologia da negociação até o acordo de compra da plataforma por Elon Musk

No Downdector, site que monitora queixas de usuários de aplicativos em todo o mundo, registrava mais seis mil notificações no Brasil por volta das 18h. Nos Estados Unidos, no mesmo horário passavam das 20 mil, no Reino Unido, cerca de 15 mil usuários relataram instabilidade, no Canadá, mais de três mil.

No dia 5 deste mês, usuários do Instagram se se queixaram de não conseguir visualizar ou responder as notificações recebidas no app.

No Twitter se multiplicam relatos sobre a falha na rede social.

Há ainda muitos relatos bem humorados.

O próprio Twitter apresentou falha nesta quinta-feira mais cedo. Após rede sair do ar, usuários brincam que Musk 'puxou fio' que conecta plataforma. O bilionário desistiu de comprar a rede social e agora vai enfrentar na Justiça uma briga com a empresa que quer forçá-lo a honrar o acordo anunciado em abril.

Procurado, o Instagram disse saber "que algumas pessoas estão com problemas para acessar" a rede social. E informa estar "trabalhando para que as coisas voltem ao normal". A empresa, no entanto, não informa quantos países foram afetados pela instabilidade e nem o prazo para que a falha seja resolvida.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos