Instituições e organismos internacionais marcam presença nas canonizações

Cidade do Vaticano, 27 abr (EFE).- A canonização dos papas João XXIII e João Paulo II foi acompanhada neste domingo no Vaticano por representantes de diversas organizações internacionais, como a Organização dos Estados Americanos (OEA) e a União Europeia (UE).

A OEA esteve representada neste ato, oficiado pelo papa Francisco e pelo papa emérito Bento XVI, por seu secretário geral, o chileno Miguel Insulza.

Por sua vez, a União Europeia esteve representada por autoridades de suas três instituições políticas: o presidente do Conselho Europeu, Hernan van Rompuy; o vice-presidente do Parlamento, Miguel Ángel Martínez, e o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso.

Entre as autoridades presentes no ato esteve o brasileiro José Graziano da Silva, diretor-geral da Organização para a Alimentação e para a Agricultura (FAO), organismo autônomo das Nações Unidas com sede em Roma.

Também presenciou a solene cerimônia de santificação a diretora-executiva do Programa Mundial de Alimentos (PMA), Ertharin Cousin.

A canonização, já qualificada de histórica por santificar dois papas na presença de outros dois vivos, começou às 10h (hora local, 5h de Brasília) e nela participaram 93 delegações de países e instituições de todo o mundo. EFE