Instituto Serum da Índia envia primeiras vacinas anticovid-19 ao programa mundial Covax

·1 minuto de leitura
Frascos da vacina contra a covid-19 da AstraZeneca-Oxford, produzida em uma fábrica do Instituto Serum em Pune, Índia

O Instituto Serum da Índia, maior fabricante de vacinas do mundo, enviou nesta terça-feira o primeiro lote de vacinas anticovid-19 para o programa mundial de imunização Covax.

O esforço de aquisição e distribuição equitativa de vacinas a nível mundial tem como objetivo assegurar as vacinas para pelo menos 20% da população mais vulnerável de cada país.

O Covax, dirigido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e a aliança GAVI, alcançou acordos com os fabricantes para 2 bilhões de doses em 2021 e tem a opção de mais um bilhão.

Isto inclui 1,1 bilhão de doses do Instituto Serum, que produz as vacinas AstraZeneca e Novavax.

A OMS do sudeste asiático tuitou fotos das primeiras remessas carregadas em um caminhão na fábrica do Serum em Pune, oeste da Índia.

O Instituto Serum já forneceu ao governo indiano milhões de doses da vacina da AstraZeneca, assim como a outros países mais pobres.

O diretor da empresa, Adar Poonawalla, pediu no domingo a outros países que tenham "paciência", afirmando que recebeu instruções para priorizar o mercado interno sobre as exportações.

ja/stu/mtp/mab/mb/fp