"A integridade da central nuclear ucraniana em Zaporíjia foi violada"

A "integridade da central nuclear ucraniana" em Zaporíjia, ocupada por tropas russas "foi violada", disse esta quinta-feira o diretor da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA), Rafael Grossi, depois de inspecionar às instalações.

Resumiu a visita dizendo que viu o que precisava ver, disse Rafael Grossi: "eu preocupo-me e continuarei preocupado com a central até que tenhamos uma situação mais estável, mais previsível. É óbvio que a central nuclear e a integridade física das instalações foram violadas várias vezes, deliberadamente."

O Diretor geral da Agência Internacional de Energia Atómica diz que parte da equipa de especialistas vai continuar a missão na central nuclear de Zaporijia, na Ucrânia até domingo ou segunda-feira.