Inter valoriza base ao renovar com jovens promessas e também evita pressão como nos casos de Alisson e William

Fabio Utz

De olho no futuro. Enquanto não se tem uma real noção do que pode acontecer com o futebol brasileiro em 2020, o Internacional deu um grande passo, na semana que se encerra, para pensar as próximas temporadas com base naquilo que sempre teve de melhor: suas categorias de base. Depois de renovar com o meia Praxedes até 2025, o clube anunciou as extensões dos vínculos do zagueiro Roberto e do meia-atacante Johnny. Os dois, agora, têm contrato vencendo somente em dezembro de 2022.


Todos eles já fazem parte do plantel principal e, aos poucos, devem ganhar mais oportunidades. Por isso, não exitam em falar sobre a felicidade deste momento. “Estou desde pequeno aqui. Fico muito feliz por mais esse voto de confiança. Me inspirava muitos nos jogadores que estão aqui, estar tendo essa experiência com eles é motivo de muito aprendizado”, disse Roberto, de 21 anos e que está no Beira-Rio desde 2006. Johnny, de 18 anos, também comemorou a renovação. O garoto, que nasceu nos Estados Unidos, chegou ao Beira-Rio há seis anos. “Mais um sonho e objetivo sendo realizado, muito feliz em renovar o contrato. Que eu possa trazer alegrias e títulos para a torcida colorada. Está sendo um ano de muito aprendizado, de oportunidades e estou tentando aproveitar da melhor maneira”, afirmou.


Nos últimos anos, o Inter tem investido na reformulação de sua base. Como consequência, ganhou o Campeonato Brasileiro de Aspirantes, no ano passado, e a Copa São Paulo de futebol Júnior, no início de 2020. Promovendo jovens, o objetivo está mais do que claro: voltar a valorizar o status de clube formador, pelo qual sempre se destacou revelando nomes de alta qualidade para o mercado. A extensão dos vínculos também garante uma tranquilidade à diretoria, já que recentemente o clube se viu pressionado a negociar nomes como o goleiro Alisson e o lateral-direito William sob pena de perder os prazos e não ganhar nada com as transferências.


Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.


Para mais notícias do Internacional, clique aqui.