Internação por Covid caiu, mas custo por paciente em UTI disparou, dizem planos de saúde

·1 min de leitura
*ARQUIVO* Ribeirão Pires, SP, BRASIL.- 15.03.2021 - Hospital de Campanha de Ribeirão Pires. A cidade tem mais de uma dezena de pessoas na fila da UTI do estado.  O local recebe pessoas que estão em processo de internação e de tratamento por respiradores. Setor de UTI para casos mais graves - (Foto: Rubens Cavallari/Folhapress)
*ARQUIVO* Ribeirão Pires, SP, BRASIL.- 15.03.2021 - Hospital de Campanha de Ribeirão Pires. A cidade tem mais de uma dezena de pessoas na fila da UTI do estado. O local recebe pessoas que estão em processo de internação e de tratamento por respiradores. Setor de UTI para casos mais graves - (Foto: Rubens Cavallari/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Enquanto as internações por Covid caíam diante do avanço da vacinação nos últimos meses, o custo por paciente com a doença em UTI foi na direção contrária e bateu recorde, segundo levantamento da Fenasaúde, federação que reúne os maiores planos de saúde do país.

Saltou de um patamar em torno de R$ 68 mil em março para quase R$ 99 mil em média por paciente em agosto, de acordo com a entidade.

Pelos cálculos da Fenasaúde, as despesas das operadoras de saúde subiram de R$ 77,6 bilhões no primeiro semestre de 2020, para R$ 96,9 bilhões em igual período deste ano.

A entidade atribui a escalada dos preços a fatores como a alta do dólar, o aumento dos custos logísticos e as incertezas na economia brasileira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos