Internet da Starlink estará disponível em cruzeiros da Royal Caribbean

Internet da Starlink estará disponível em cruzeiros da Royal Caribbean (Foto: Getty Images)
Internet da Starlink estará disponível em cruzeiros da Royal Caribbean (Foto: Getty Images)
  • A empresa anunciou que equipará sua frota de navios com o serviço de internet Starlink da SpaceX;

  • A Royal Caribbean disse que o serviço tornará a experiência da Internet no mar mais rápida e confiável;

  • A empresa lançará oficialmente o serviço da Starlink em 5 de setembro.

A Royal Caribbean anunciou que equipará sua frota de navios com o serviço de internet Starlink da SpaceX. A empresa especializada em cruzeiros disse que o serviço tornará a experiência da Internet no mar mais rápida e confiável.

Após ter testado o serviço em um de seus navios recentemente, a empresa lançará oficialmente o serviço da Starlink em 5 de setembro, começando com um navio chamado Celebrity Beyond. A Royal Caribbean espera ter o serviço totalmente implantado em sua frota até o primeiro trimestre de 2023.

O anúncio da Royal Caribbean não inclui detalhes técnicos, como quantos antenas da Starlink seus navios usariam ou quanta largura de banda seria dividida entre alguns milhares de passageiros. No entanto, a empresa promete que as pessoas poderão usar serviços de streaming e fazer chamadas de vídeo.

O serviço de internet focado em barcos da SpaceX, Starlink Maritime, é relativamente novo, tendo estreado no início de julho. Atualmente, cobre apenas águas costeiras em partes da América do Norte e do Sul (incluindo o Caribe), Europa e ao redor da Austrália e Nova Zelândia, mas a SpaceX diz que planeja cobrir a maior parte dos oceanos do mundo até o primeiro trimestre de 2023.

Recentemente, a SpaceX anunciou uma parceria com a T-mobile para enviar mensagens de texto e chamadas para celulares, usando satélites de segunda geração que planeja lançar no próximo ano. A empresa também está trabalhando com a Hawaiian Airlines e a transportadora charter JSX para fornecer Wi-Fi durante o voo, algo que a Delta e outras companhias aéreas também estão analisando.

Enquanto isso, a indústria de cruzeiros teve dificuldade em se recuperar da pandemia, de acordo com uma reportagem da Reuters . Como muitas outras empresas, as empresas de cruzeiros tiveram problemas de pessoal, com algumas até tendo que cancelar viagens.