Ter pessoas da internet em enredos mostra evolução do Carnaval, defende Carlinhos Maia

·3 min de leitura
Carlinhos Maia durante ensaio técnico da Império de Casa Verde, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo (Foto: Amauri Nehn / Brazil News)
Carlinhos Maia durante ensaio técnico da Império de Casa Verde, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo (Foto: Amauri Nehn / Brazil News)

Homenageado no samba-enredo da Império de Casa Verde para o Carnaval de 2022, o humorista e influenciador digital alagoano Carlinhos Maia conta que reagiu com surpresa quando soube que a escola pretendia lhe prestigiar. A apenas três dias do desfile, ele afirma que "até agora a ficha não caiu".

"Como a gente escuta muitas críticas o tempo todo, a gente fica se colocando sempre em um patamar: 'será que eu mereço mesmo?; é pra mim isso?; o que é que eu fiz de grande?'. A gente sempre imagina enredos de escola de samba justamente com as pessoas de 50, 60 [anos] ou que já se foram, fizeram história lá atrás", pontua o influenciador em entrevista ao Yahoo.

Carlinhos Maia durante ensaio técnico da Império de Casa Verde, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo (Foto: Amauri Nehn / Brazil News)
Carlinhos Maia durante ensaio técnico da Império de Casa Verde, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo (Foto: Amauri Nehn / Brazil News)

Não há uma regra que limite a idade das personalidades homenageadas pelas escolas de samba, mas é comum ver tal destaque para figuras com trajetória mais longa, como as cantoras Maria Bethânia (Estação Primeira de Mangueira, 2016) e Elza Soares (Mocidade Independente de Padre Miguel, 2020). Carlinhos, que tem hoje 30 anos, viu sua carreira despontar menos de 10 anos atrás.

Com isso, ele acredita que a escolha da escola demonstra uma abertura para o futuro. "Eu acho que colocar pessoas da internet e não só histórias antigas em enredos mostra que o Carnaval está evoluindo em relação a isso e entendendo que há novas coisas acontecendo e que precisam ser validadas e mostradas", defende.

Carlinhos conta que a ideia de homenageá-lo partiu da filha de um dos presidentes da escola e ressalta ter sido ele uma das pessoas que pediu por um enredo menos sobre si próprio e mais sobre o universo que representa. A solicitação foi atendida.

No desfile, a Império de Casa Verde vai abordar a comunicação, "desde os primórdios", chegar ao início da internet até essa era de influenciadores, que tem como expoente o alagoano.

"Eu me senti mais confortável, mas entendo também e aceito que a gente teve um papel importante. Se hoje as pessoas humildes, as pessoas que tinham vergonha dos seus pais, da sua casa... porque internet quando eu cheguei eram as blogueiras de moda e de viagem, era tudo inatingível, e aí eu acho que o Carlinhos Maia junto com a vila veio e mostrou a realidade, a mãe, a casa, mostrou a sua pobreza e parou de ter vergonha dela", analisa. A Vila Primavera, que ficou conhecida nacionalmente através do Instagram de Carlinhos, rendeu outros diversos influenciadores, a exemplo do marido do humorista, Lucas Guimarães.

Fantasia clean

Glamour sim, mas nada de exageros. Carlinhos Maia apostou em uma fantasia "clean" para o desfile. "Pra que as pessoas pudessem me ver mais, que eu não ficasse escondido dentro de uma fantasia, aí eles fizeram um macacão cheio de brilho, combinando com o carro", adiantou.

Carlinhos Maia durante ensaio técnico da Império de Casa Verde, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo (Foto: Amauri Nehn / Brazil News)
Carlinhos Maia durante ensaio técnico da Império de Casa Verde, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo (Foto: Amauri Nehn / Brazil News)

O influenciador vai desfilar em um "carro alegórico digital", que exibirá vídeos enviados simultaneamente pelas pessoas em telas de celulares que estarão em volta do automóvel. O desfile está previsto para iniciar às 5h de domingo, no Sambódromo do Anhembi.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos