Inundações deixam 169 mortos e 400 desaparecidos na Coreia do Norte

As inundações que atingem várias regiões da Coreia do Norte há várias semanas já deixaram um saldo de 169 pessoas mortas e outras 400 desaparecidas, afirmou neste sábado a agência estatal de notícias norte-coreana, aumentando drasticamente o balanço divulgado anteriormente.

Leia mais:
ONU enviará ajuda alimentícia à Coreia do Norte após inundações
Kim Jong Un tem reunião diplomática com a China
Coreia do Norte precisa de alimentos e água, diz ONU

De acordo com os relatórios oficiais, as inundações e chuvas torrenciais deixaram 212.200 pessoas desabrigadas desde o fim de junho, e destruíram mais de 65.000 hectares de plantações.

O Programa Mundial de Alimentos da ONU indicou neste sábado que enviará um primeiro carregamento de ajuda humanitária às regiões do país devastadas pelas inundações.

Este primeiro carregamento de ajuda proporcionará aos evacuados uma ração de 400 gramas de milho por dia durante duas semanas, informou a entidade em um comunicado publicado em seu site.

Este documento revelou que uma missão da ONU viajou à Coreia do Norte nesta semana, visitou as regiões afetadas pelas inundações e constatou enormes danos nas plantações de milho, soja e arroz.

Os peritos informaram que as regiões de Anju, Songchon e Chonnae precisam de alimentos urgentemente e dezenas de milhares de famílias necessitam de água potável, razão pela qual solicitaram o envio de carregamentos de comprimidos purificadores de água.

Carregando...

YAHOO NOTÍCIAS NO FACEBOOK

Siga o Yahoo Notícias