Inundações deixam 20 mortos e 300.000 desabrigados em Bangladesh

·1 minuto de leitura
Refugiados rohingyas observam os destroços de suas casas no campo de Balukhali,

Inundações e deslizamentos de terra provocados por chuvas de monção deixaram 300.000 pessoas desabrigadas em cidades do sudeste de Bangladesh e provocaram 20 mortes, incluindo seis refugiados rohingyas, informaram as autoridades nesta sexta-feira.

Desde segunda-feira, a região de Cox's Bazar, na fronteira com Mianmar e lar de quase um milhão de refugiados rohingyas, é cenário de chuvas torrenciais.

Quase 36.000 pessoas foram levadas para escolas e refúgios para ciclones.

No início da semana, Bangladesh retirou quase 10.000 rohingyas de campos de refugiados em Cox's Bazar devido às tempestades.

Trabalhadores humanitários afirmaram que o confinamento decretado para conter o aumento de contágios de covid-19 nestes campos está afetando os trabalhos de resgate, pois o acesso está restrito.

Quase 740.000 rohingyas fugiram do estado birmanês de Rakhine (oeste) em 2017 quando as forças de segurança iniciaram uma operação que para a ONU poderia constituir genocídio.

str-sa/tw/mtp/dbh/tjc/fp

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos