Inundações deixam 21 mortos no sul dos Estados Unidos

·2 minuto de leitura
Vista área de zonas inundadas em Waverly, Tennessee

As inundações que afetaram o estado do Tennessee, no sul dos Estados Unidos, deixaram pelo menos 21 mortos e dezenas de desaparecidos, informaram fontes do governo local, antes de advertir que o balanço é preliminar.

O estado foi atingido no sábado por tempestades e inundações consideradas "históricas" pelos meteorologistas, com 38 centímetros ou mais de chuva.

Estradas rurais, rodovias estaduais e pontes foram destruídas e milhares de casas ficaram sem energia elétrica.

No condado de Humphreys, a 90 minutos de Nashville, as inundações de sábado representaram um recorde de 24 horas de chuvas no Tennessee, informou o Serviço Meteorológico Nacional.

O governador do estado, Bill Lee, descreveu cenas de "perdas e dor" em Waverly, uma localidade de 4.500 habitantes onde morreram 20 pessoas.

"Nossos corações e nossas orações têm que estar com as pessoas desta comunidade", disse Lee após visitar o local da tragédia.

O chefe de polícia Grant Gillespie informou que a outra morte aconteceu em uma área rural no mesmo condado.

As autoridades também atualizaram o balanço de desaparecidos para 20 pessoas.

"Temos a esperança de que estamos chegando ao final desta lista", disse Gillespie.

Os funcionários da administração de Waverly compararam a tempestade a um furacão ou tornado e afirmaram que a água subiu tão rápido que algumas pessoas não tiveram tempo de abandonar suas casas.

As operações de emergência prosseguiram no domingo. Funcionários seguiram de casa em casa para buscar vítimas ou pessoas que precisavam de ajuda.

O Departamento de Segurança Pública de Waverly publicou em sua página no Facebook uma lista de nomes de pessoas desaparecidas e pediu a ajuda dos moradores para localizar todas.

"Temos várias pessoas reportadas apenas como o primeiro nome, ao lado de várias crianças desaparecidas", afirma o comunicado, que pede aos moradores que informem as autoridades se alguém da lista foi encontrado e está a salvo.

Em Washington, o presidente Joe Biden expressou "o mais sincero pêsame pela repentina e trágica perda de vidas" no Tennessee.

"Pedi ao administrador da FEMA (Agência Federal de Gestão de Emergências) que converse com o governador (Bill) Lee do Tennessee de maneira imediata e ofereça a ajuda necessária", disse Biden.

O xerife do condado de Humphreys, Chris Davis, disse a um canal de televisão local que duas crianças pequenas estavam entre os mortos.

Davis disse ainda que perdeu um amigo nas inundações. "Foram procurar um dos meus melhores amigos e o encontraram. Ele se afogou", disse.

"É difícil, mas vamos seguir adiante". Entre os desaparecidos estão pelo menos seis crianças, afirmou Davis.

As autoridades anunciaram um toque de recolher noturno, enquanto prosseguem os esforços para encontrar os desaparecidos.

la/rle/dg/mr/ll/fp

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos