Invasão do Congresso dos EUA é um alerta para o Brasil, diz João Doria

·1 minuto de leitura
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 21.07.2020 - O governador de São Paulo, João Doria. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 21.07.2020 - O governador de São Paulo, João Doria. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), comentou a invasão do Congresso americano, ocorrida nesta quarta-feira (6), em uma postagem em rede social na manhã desta quinta (7).

"A invasão do Capitólio chocou o mundo. Cenas de vandalismo e barbárie de extremistas, que não aceitam a derrota. Uma afronta à democracia. Alerta para o Brasil, onde minoria que flerta com o autoritarismo e o fanatismo tenta enfraquecer as instituições e ameaçar o Estado de Direito", escreveu.

Também nesta quinta, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que a falta de confiança nas eleições levou "a este problema que está acontecendo lá" e que, no Brasil, "se tivermos voto eletrônico" em 2022, "vai ser a mesma coisa".

A invasão ao Capitólio, movida por uma turba inflamada pelo presidente Donald Trump, acabou interrompendo a sessão de certificação do resultado da eleição de novembro. No entanto, o Congresso dos EUA confirmou, posteriormente, a vitória do democrata Joe Biden.