Invasores praticam esportes em antigo campo de concentração nazista na Alemanha

·1 minuto de leitura
Nesta foto de arquivo tirada em 27 de janeiro de 2020, uma cerca de arame farpado envolve o local do memorial do antigo campo de concentração nazista de Buchenwald perto de Weimar, leste da Alemanha

A direção do memorial do antigo campo de concentração nazista de Buchenwald, na Alemanha, denunciou nesta quinta-feira (14) o comportamento de pessoas que vão ao local para praticar esportes e até andar de trenó sobre as valas comuns.

"As atividades esportivas são uma violação das regras para os visitantes e perturbam a paz dos mortos", manifestou-se a instituição em um comunicado, alertando que sua equipe de segurança intensificará as patrulhas e que invasores serão denunciados à polícia.

"Nos últimos fins de semana, tivemos muitas pessoas aqui", afirmou o diretor da fundação, Jens Christian Wagner, à revista alemã Der Spiegel. "Todas as vagas de estacionamento estavam ocupadas, não por visitantes do memorial, mas por amantes dos esportes de inverno", explicou, contando ter descoberto trilhas de trenó até "nos túmulos".

Outros vão passear com seus cachorros. "Com o tempo, a sensibilidade histórica diminui", lamentou.

Entre sua criação em 1937 e sua libertação, em abril de 1945, pelos próprios prisioneiros, cerca de 56.000 pessoas morreram em Buchenwald, localizado na região alemã da Turíngia.

mat/smk/mr/mab/age/ic/mvv