'Inventores' do Rio agora têm nova chance: Fablabs ampliam para mais oito unidades; confira

Letícia Lopes

RIO — Há dois anos, o professor de Arquitetura e Urbanismo da UFRJ, Rodrigo Rinaldi, tenta "plantar uma bicicleta": criar a estrutura desse meio de transporte tão comum e sustentável a partir de um matéria-prima biodegradável e de fácil acesso — o bambu. De lá para cá, já foram quatro testes, algumas alterações, e várias mãos envolvidas no projeto, uma parceira entre a PUC-Rio e o Colégio Pedro II.

Desde a criação do primeiro protótipo da bicicleta "Mooboo", com bambu in natura, até o modelo mais recente, feito com o vegetal laminado, que permite um produto mais padronizado e um design arrojado, todo o projeto de Rodrigo foi desenvolvido nas sessões abertas e gratuitas do FabLab, um laboratório de inovação e prototipagem da Casa Firjan, em Botafogo. Como a de Rodrigo, outras ideias já foram desenvolvidas por pessoas de todas as idades, a partir dos 14 anos, que buscam no espaço, em geral, soluções com impactos para as cidades, comunidades ou empresas.

A partir desta sexta-feira (06), o evento semanal aberto ao público chega também a outras oito unidades da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (confira a lista. Equipamentos como impressoras 3D, cortadoras à laser, fresadoras e bancadas de eletrônica estarão disponíveis aos moradores dos bairros de Benfica, na Zona Norte, e Jacarepaguá, na Zona Oeste, e das cidades de Niterói, Duque de Caxias, Itaguaí, Nova Friburgo, Resende e Campos. De acordo com a federação, a expectativa é que os laboratórios estejam presentes em 19 polos da entidade até 2021.

— A ideia é a gente ter uma comunidade de pessoas que sejam capazes e tenham interesse de criar coisas — explica Felipe Laranja, coordenador do FabLab da Casa Firjan.

Ao pensar na bicicleta de bambu, Rodrigo quis criar novas formas de produção mais econômica.

— A ideia é que a gente consiga avançar com o Colégio Pedro II para que em algum momento os alunos consigam produzir suas próprias bicicletas — explicou o arquiteto.

Jogos para alfabetização de cegos

Formada em Belas Artes pela UFRJ e atualmente cursando Pedagogia, a professora de Arte Chimenia Sczesny trabalha desde o ano passado no laboratório de Botafogo no desenvolvimento de jogos acessíveis para cegos e pessoas com baixa visão. As atividades, como jogos de palavras e jogo da velha, são feitos em MDF com contrastes de cor e diferenças de relevo.

— Os jogos trabalham tanto a alfabetização e a reabilitação das pessoas cegas, como também ajudam aqueles que enxergam a entender como o braile funciona. Usei equipamentos que são muito caros para que a gente tenha em casa, como a cortadora a laser e a impressora 3D, e lá a gente consegue ter acesso a esses maquinários, além da troca de ideias com as pessoas que estão elaborando outros projetos e te dão dicas, te ajudam.

Espaços de cultura maker

Ambiente pensado para estimular a inovação, os laboratórios de fabricação digital das unidades Firjan SENAI integram a rede mundial de FabLabs, iniciativa que surgiu no Center for Bits and Atoms (CBA) do MIT – Massachuttes Institute of Technology, nos Estados Unidos. Os FabLabs dispõem de estrutura comum de equipamentos e softwares, e estimulam a colaboração dos frequentadores na elaboração de protótipos. É um dos principais espaços da cultura maker, do faça você mesmo. Há mais de 1.700 FabLabs no mundo, instalados em mais de 100 países. No Brasil, são cerca de 100 FabLabs, nove deles em unidades da Firjan SENAI.

Confira como se inscrever e os novos FabLabs

As sessões dos novos "FabLab Open Day" vão acontecer toda primeira sexta-feira de cada mês, e não há necessidade de formação prévia para participar das atividades. A idade mínima é 14 anos, e cada sessão aberta tem capacidade para até 20 pessoas. A inscrição é feita online, no site da Firjan (https://firjansenai.com.br/cursorio/fablab/sobre-o-fablab).

Instituto SENAI de Tecnologia Automação e Simulação, em Benfica

Endereço: Praça Natividade Saldanha 19 , Benfica, Rio de Janeiro

Firjan SENAI Jacarepaguá

Endereço: Avenida Geremário Dantas 940 Pechincha, Jacarepaguá, Rio de Janeiro

Firjan SENAI Niterói

Rua General Castrioto, 460, Barreto, Niterói

Firjan SENAI Caxias

Travessa Arthur Goulart, 124, Centro, Duque de Caxias

Firjan SENAI Itaguaí

Rodovia Rio-Santos LT J-1, Quadra 97, Zona Industrial, Vila Ibirapitanga, Itaguaí

Firjan SENAI Nova Friburgo

Rua Prefeito Eugênio Muller 220, Centro, Nova Friburgo

Firjan SENAI Resende

Rua Sarquis José Sarquis 156, Jardim Jalisco, Resende

Firjan SENAI Campos

Rua Bruno de Azevedo 37, Jardim Maria Queiroz, Campos dos Goytacazes

Casa Firjan

Rua Guilhermina Guinle, 211 – Botafogo – Rio de Janeiro