Investidor baixa app falso e perde R$ 5,6 milhões em bitcoin

Redação Finanças
·1 minuto de leitura
  • Investidor baixou aplicativo de carteira digital falso na App Store

  • A aplicação era para ser a Trezor, mas foi falsificada

  • Com isso, o homem perdeu 17.1 bitcoins, cerca de R$ 5,6 milhões

Um erro ao baixar um aplicativo falso na loja da Apple quase igual ao original fez com que o Phillipe Christodoulou perdesse 17.1 bitcoins. Segundos depois do download da carteira digital Trezor, ele descobriu que havia perdido tudo. Na época do ocorrido, as criptomoedas eram avaliadas em US$ 600 mil (cerca de R$3,3 milhões) e hoje equivalem a US$ 1 milhão (algo como R$ 5,6 milhões).

Leia também:

“Eu estou tomando medicamento e fazendo consultas com um psiquiatra. Isso me quebrou, eu ainda não me recuperei do que aconteceu”, disse Christodoulou ao Washington Post.

A carteira digital que ele queria usar era a Trezor, mas acabou baixando uma aplicação que imitava a original, mas que serve como um ataque de phishing. Nesse tipo de golpe, os criminosos enganam as pessoas para conseguir informações pessoais, como senhas e número de cartão de crédito.

Segurança na App Store

Segundo a Apple, a App Store é um ambiente seguro para baixar aplicativos, já que teoricamente a companhia revisa todos eles. Entretanto, há falhas.

Adelaide, Australia - September 23, 2013: Clicking the App Store icon on the new ipad running iOS 7. iOS 7 is the foundation of iPhone, iPad, and iPod touch. It comes with a collection of apps and useful features. The iOS 7 update features a redesigned interface and hundreds of new features.
Aplicativo falso foi baixado da App Store, disponível em aparelhos da Apple

E foi a partir dessas brechas que o falso Trezon conseguiu ser vendido na loja com o mesmo logo e mesmas cores. A questão é que o aplicativo foi apresentado à Apple como uma aplicação de criptografia e gerenciamento de senhas.

Procurado pela Apple, o desenvolvedor do aplicativo falso disse que não tinha nenhum envolvimento com criptomoedas. Mesmo assim, o aplicativo continuou na App Store.