Investidores americanos e chineses compram o Cirque du Soleil

Os compradores querem expandir o Cirque du Soleil na China, indicou o grupo em um comunicado (AFP)

O Cirque du Soleil foi vendido a um consórcio liderado pela empresa de investimentos americana TPG e a chinesa Fosun, por uma soma ainda não divulgada, anunciou nesta segunda-feira o grupo canadense de espetáculos circenses.

Os compradores querem expandir o Cirque du Soleil na China, indicou o grupo em um comunicado.

A TPG terá uma participação majoritária na empresa, enquanto que seu fundador, Guy Laliberté, conservará uma participação minoritária, e continuará contribuindo com a direção estratégica e artística da empresa.