Investigado, Queiroz faz publicação em tom de campanha e usa fotos com Bolsonaro; veja video

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Flávio Bolsonaro
    Político brasileiro, Senador da República pelo Estado do Rio de Janeiro

O ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) Fabrício Queiroz publicou, nos stories de sua conta no Instagram, um vídeo neste domingo com imagens suas em manifestações bolsonaristas, de sua época como militar e ao lado do presidente Jair Bolsonaro (PL). A postagem carrega uma marca com o nome de Queiroz sobre as cores verde e amarela, e termina com a frase “estamos juntos nessa luta”. O ex-assessor, que é apontado pelo Ministério Público como operador do esquema das 'rachadinhas' no gabinete de Flávio em sua época como deputado estadual do Rio, já deu indícios de que pretende se lançar como candidato ao cargo de deputado federal nas próximas eleições.

O vídeo, que também circula em grupos bolsonaristas de WhatsApp, é uma montagem de imagens ao som de uma paródia da música “Quero Que Tu Vá", de Ananda e Joker Beats. Na nova letra, as falas destacam o apoio à reeleição de Bolsonaro e reforçam críticas ao ex-presidente Lula (PT).

“Vocês acabam com o futuro das nossas crianças, mas Bolsonaro, acredite, é nossa esperança. (...) Eu quero que o PT vá com os urubu(s) visitar o seu guru lá na cadeia. (...) Aonde já se viu, um cara da cadeia governar nosso Brasil?”, diz um trecho da paródia.

Ao fim do vídeo, uma foto de Queiroz junto ao presidente Bolsonaro na praia é exibida junto ao escrito: “Um exemplo de respeito, amizade, integridade e conduta; Esse é meu irmão, por isso estamos juntos nessa luta”. O ex-assessor de Flávio é amigo da família Bolsonaro desde que conheceu o chefe do Executivo, em 1984, na Brigada Paraquedista, da Vila Militar do Exército no Rio de Janeiro.

Nos últimos meses, Queiroz vem dando indícios de que pode disputar as próximas eleições para um cargo de deputado federal. Em junho de 2021, quando Bolsonaro estava sem partido e negociava sua entrada no Patriota, legenda de Flávio na época, ele publicou uma foto nas redes sociais vestindo verde e amarelo e respondeu a um seguidor dizendo “é 5151”, em alusão ao número de uma possível candidatura a deputado federal pela sigla.

Pouco antes do episódio, o ex-assessor havia dito à repórter Juliana Dal Piva, do Uol, considerar “uma boa ideia” testar sua popularidade nas urnas. Já recentemente, em dezembro, Queiroz esteve no aniversário do deputado estadual do Rio Rodrigo Amorim (PSL), quando o parlamentar afirmou que não faz “política com traição ou abandono”, e que o ex-policial militar “foi importante na campanha de 2018, bem como na de 2016”.

Alguns dias depois, Queiroz esteve no Congresso Politicamente Incorreto (CPI), organizado pelo deputado federal Carlos Jordy (PSL-RJ), em clube na cidade de Niterói, no Rio. Na ocasião, o ex-assessor mostrou articulação em conversas com os políticos presentes, como a deputada federal bolsonarista Bia Kicis (PSL-DF).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos