iPhone 13 pode estrear armazenamento de 1 TB nos celulares da Apple

Rubens Eishima
·2 minuto de leitura

Após o anúncio da linha iPhone 12, as atenções (e boatos) se voltam agora para a atualização 2021 da gama de celulares Apple. E o primeiro rumor sequer esperou a chegada às lojas da linha 2020, com o informante Jon Prosser avisando sobre uma opção com 1TB de capacidade nos smartphones da marca.

Prosser tem um longo histórico de revelações sobre os aparelhos da marca, com uma porcentagem de acertos na casa dos 85%, segundo o site Apple Track. Atualmente, a maior capacidade oferecida pelos iPhones é a de 512 GB, disponível para os modelos 12 Pro e 12 Pro Max.

Lei de Moore

Esse mesmo espaço para armazenamento foi estreado na linha Apple em 2018, a bordo do iPhone XS. O salto anterior de capacidade foi dado pelo iPhone 7, que em 2016 lançou uma opção com 256 GB.

Já o iPhone 6 (2014) trouxe os 128 GB como maior capacidade. Antes do modelo, os outros saltos de armazenamento aconteceram em 2011, com 64 GB no iPhone 4s; 2009, com 32 GB no 3GS; e 2008, com a opção de 16 GB para o primeiro iPhone (lançado com 4 ou 8 GB em 2007).

A capacidade de 1 TB de armazenamento já foi oferecida em modelos como o Galaxy S10+, mas a Samsung não incluiu a opção em aparelhos da linha S20 ou Note 20, apesar de a fabricante sul-coreana ser uma das maiores fabricantes de chips de memória NAND.

Mesmo assim, os celulares da marca oferecem a opção de expansão do armazenamento com cartão de memória, o que não está disponível nos celulares da Apple.

Caso se confirme o boato, resta saber qual o valor cobrado pela fabricante, que costuma aumentar o preço dos aparelhos de maneira desproporcional ao custo do componente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: