iPhone 13 poderá ter sistema de satélite para ligações

·1 minuto de leitura
Sistema de satélite do iPhone pode mudar forma como fazemos ligações cotidianas. REUTERS/Stephen Lam
  • Apple poderia apresentar novo modelo de comunicação entre smartphones

  • “Esse é o Santo Graal dos smartphones”

  • Ações de empresas de satélite tiveram alta depois de rumor

De acordo com o MacRumors, um dos sites especializados em produtos da Apple, a companhia está preparando uma mudança no novo modelo de iPhone que poderá facilitar ligações de qualquer lugar do mundo e até do espaço. No último domingo, o website reportou que os novos aparelhos, o iPhone 13, virão com um sistema de satélite embutido.

Leia também:

Caso isso seja comprovado no lançamento do produto no final de setembro, seria possível fazer uma ligação fora do alcance das redes de telefonia. Um analista da TF International Securites, Ming-Chi Kuo, ouvido pelo MacRumors afirmou que o novo aparelho deve usar o chip da Qualcoom, que suporta ligações na órbita da Terra.

Apesar da fabricante não ter comentado os rumores – como sempre faz, as empresas espaciais e de telecomunicações na órbita tiveram aumento no valor das suas ações. A Globalstar teve aumento de 64%, enquanto a Iridium Communications subiu 15%. As duas companhias operam mais de 100 satélites de comunicação na órbita terrestre. O analista da William Blair, Louie DiPalma, afirmou que ‘prover conectividade por satélite é o Santo Graal para smartphones, algo que nunca foi conquistado’.

A conectividade espacial, atualmente, requer aparelhos maiores e que tenham um hardware muito mais potente que os smartphones que usamos atualmente. A Space X, empresa espacial de Elon Musk, tem ao menos 100 mil usuários usando um serviço de internet baseado no espaço, mas o hardware ainda é de um tamanho que não podemos carregar em um bolso.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos