IPVA 2021: governo divulga tabela de valor de mercado dos veículos usada no cálculo do imposto

O Globo
·1 minuto de leitura

A Secretaria estadual de Fazenda publicou, nesta segunda-feira (dia 21), no Diário Oficial, os valores venais de carros, utilitários e motos que servirão de base para o cálculo do IPVA 2021. Sobre esses preços de mercado dos veículos, é aplicada a alíquota correspondente, que é de 4% para carros flex, 2% para motos e 1,5% para carros movidos a Gás Natural Veicular (GNV). Esse será o valor do imposto que o contribuinte deverá pagar.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Aqueles que optarem pelo pagamento à vista terão desconto de 3% no IPVA do próximo ano. A primeira data de vencimento da cota única ou da primeira parcela será no dia 21 de janeiro, para os proprietários de veículos do Estado do Rio com final de placa 0.

Leia também

Como em anos anteriores, o imposto também poderá ser pago em até três parcelas. A data do último vencimento da terceira parcela, para automóveis com final de placa 9, será no dia 9 de abril.

Confira o calendário

O IPVA é recolhido pelo contribuinte por meio da Guia de Regularização de Débitos (GRD), emitida pelo site do Bradesco (www.bradesco.com.br) ou pelo portal da Secretaria estadual de Fazenda (www.fazenda.rj.gov.br). Para a emissão, é preciso ter em mãos o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam).

O motorista ainda precisará pagar a Guia de Recolhimento de Taxas (GRT), também obtida no site do banco.

As guias costumam estar disponíveis na primeira quinzena de janeiro. O pagamento deve ser feito em dinheiro em qualquer agência bancária.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube