IPVA em SP terá desconto de até 9% e parcelamento em 5 vezes

·1 min de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 24.01.2019 - Still de mãos segurando cédulas de real, moeda oficial brasileira. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 24.01.2019 - Still de mãos segurando cédulas de real, moeda oficial brasileira. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O governo de São Paulo vai anunciar, nesta terça (21), um pacote de descontos no IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), além da extensão do prazo de pagamento de três para cinco parcelas, começando em fevereiro.

Haverá descontos de 9% para proprietários de veículos usados que quitarem o IPVA em cota única, em janeiro.

Já os proprietários que pagarem o tributo em fevereiro, ou que preferirem parcelar, terão desconto de 5%.

Para veículos 0 km, o desconto de 3% permanece até o quinto dia da emissão da nota fiscal. É possível parcelar o valor em cinco vezes, sem desconto.

A medida, segundo o governo estadual e a Secretaria da Fazenda e Planejamento, é para amenizar os efeitos da pandemia e da alta da inflação.

De acordo com a pesquisa anual feita pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) para a pasta, o valor venal dos veículos subiu, em média, 22,54% neste ano.

Normalmente, os valores caem de um ano para outro – e o mesmo acontece com o IPVA. Devido à alta da inflação e do dólar, além da falta de componentes eletrônicos, houve um aumento nos preços dos veículos novos e falta de alguns modelos. Com isso, cresceu também a procura por veículos usados, que ficaram mais caros.

A frota total no estado de São Paulo é de aproximadamente 26 milhões de veículos, dos quais 17,8 milhões estão sujeitos ao recolhimento do IPVA e 7,5 milhões estão isentos por terem mais de 20 anos de fabricação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos