Irã afirma estar perto de "controlar a epidemia de COVID-19"

Irã é o país com mais mortos por COVID-19 no Oriente Médio

O presidente iraniano, Hassan Rohani, disse nesta quarta-feira que seu país está perto do "controle" da epidemia COVID-19, dia em que mais de 2.000 novos casos foram anunciados em 24 horas.

O Irã é o país mais afetado no Oriente Médio, com 126.949 infecções e 7.183 mortes, segundo dados oficiais.

"Fizemos progressos em todos os aspectos da luta contra esse vírus perigoso e estamos prestes a controlar esta doença", disse Rohani em uma reunião do gabinete, transmitida pela televisão.

O Irã poderia "deixar de ter esses problemas" se os protocolos de saúde "fossem mais respeitados em algumas províncias, atualmente em uma situação desfavorável", acrescentou.

Pelo menos 24 dos 434 municípios do país ainda estão no vermelho, disse o vice-ministro da Saúde Aliréza Raïsi.

A força-tarefa do novo coronavírus estimou que 218 municípios estavam em baixo risco, mas existe esse número diminuir. A maioria das mortes registradas no Irã ocorreu em pessoas com mais de 70 anos.