Irã afirma que desenvolveu sistema antimíssil para seus tanques

·1 min de leitura
Foto divulgada pela Guarda Revolucinária do Irã, através do site Sepah News em 22 de dezembro de 2021, mostra os soldados da força participando de exercícios militares em três províncias do sul do país (AFP/-)

O Irã anunciou nesta quarta-feira (22) que desenvolveu um sistema antimíssil montado na torre dos tanques T-72 M para protegê-los em caso de ataque, anunciou a agência Fars, durante o terceiro dia de manobras militares no sul do país.

"O sistema foi testado e será instalado na torre do tanque. Será capaz de desviar todo tipo de míssil mediante o bloqueio de seus sistemas", segundo a agência.

Por sua vez, o comandante das forças terrestres da Guarda Revolucionária - a divisão ideológica das Forças Armadas iranianas -, o general Mohammad Pakpour, afirmou que os canhões desses tanques podem disparar com precisão durante a noite e têm um alcance de três quilômetros.

O Irã lançou na terça-feira vários mísseis a partir do mar e da terra como parte dos exercícios de cinco dias em três províncias do sul do país, incluindo em Bushehr, não muito longe da única usina nuclear do país.

Durante essas manobras, "utilizamos armas e munições totalmente iranianas", declarou o comandante das forças navais da Guarda Revolucionária, o almirante Alireza Tangsiri, à Sepah News, o braço de mídia da corporação militar.

sk/rm/mis/es/rpr/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos