Irã anuncia mais 15 mortes e fecha escolas e universidades por coronavírus

Funcionários municipais desinfetam rua em Teerã

As escolas e universidades no Irã permanecerão fechadas por um mês, por decisão do Ministério da Saúde, com o objetivo de limitar a propagação do novo coronavírus pelo país, que já registrou 107 mortes pela doença.

"Escolas e universidades permanecerão fechadas até o fim do ano iraniano, 19 de março", declarou o ministro Said Namaki. Nest data começam as férias de Ano Novo, que prosseguem até 3 de abril.

As universidades de todo o país já estavam fechadas há vários dias, assim como as escolas de várias províncias.

O Irã informou nesta quinta-feira mais 15 mortes pela Covid-19, o que eleva a 107 o total óbitos.

A cidade sagrada xiita de Qom, ao sul de Teerã, é o foco da epidemia no Irã, um dos países mais afetados pelo novo coronavírus. Nesta localidade foram registradas as primeiras mortes, em 19 de fevereiro.