Irã anuncia desenvolvimento de míssil balístico hipersônico

O Irã desenvolveu um míssil balístico hipersônico, anunciou nesta quinta-feira (10) o general Amirali Hajizadeh, comandante da Força Aeroespacial da Guarda Revolucionária.

"Este míssil balístico hipersônico pode contra-atacar os escudos de defesa antiaérea. Poderá atravessar todos os sistemas de defesa antimísseis", afirmou o general, citado pela agência Fars.

Um míssil hipersônico atinge velocidades superiores a Mach 5 (cinco vezes a velocidade do som), a quase 6.000 km/h.

De acordo com o comandante militar iraniano, "este míssil, que tem como alvo os sistemas antimísseis inimigos, representa um grande salto geracional na área dos mísseis".

Os mísseis hipersônicos representam desafios para os desenvolvedores de radares por sua velocidade elevada e capacidade de movimento.

Vários países tentam desenvolver este tipo de armamento. Rússia, Coreia do Norte e Estados Unidos anunciaram em 2021 testes, o que provocou os temores de uma nova corrida armamentista.

A Rússia tem vantagem neste setor, com vários tipos desses mísseis, e em agosto anunciou a presença de aviões equipados com estas armas hipersônicas em Kaliningrado, um enclave russo cercado por países da Otan no nordeste da Europa.

sk/sg/mar/zm/fp