Irã começa campanha de imunização contra covid-19 com a vacina Sputinik V

·1 minuto de leitura
A pandemia matou mais de 58.500 pessoas no Irã, que também registrou 1,4 milhão de casos, segundo o balanço do ministério da Saúde

O Irã, país do Oriente Médio mais afetado pela pandemia de covid-19, iniciou nesta terça-feira a campanha de vacinação com o fármaco russo Sputnik V, anunciou o presidente iraniano Hassan Rohani em uma cerimônia exibida pela televisão pública.

"Começamos a vacinação contra a covid-19", afirmou o presidente iraniano, que participou por videoconferência do início da campanha em um hospital de Teerã.

A pandemia matou mais de 58.500 pessoas no Irã, que também registrou 1,4 milhão de casos, segundo o balanço do ministério da Saúde.

Além da vacina Sputnik V, o Irã vai receber também a produzida pelo laboratório AstraZeneca graças ao mecanismo Covax, administrado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para que a vacina também alcance os países com menos recursos, segundo o ministro da Saúde, Said Namaki.

ap/kam/hj/zm/bl/fp