Irã e parceiros de acordo nuclear buscam data para conversas em Viena, diz UE

·1 min de leitura
Bandeira do Irã tremula em frente à sede da Agência Internacional de Energia Atômica, em Viena

BRUXELAS (Reuters) - O Irã e as potências mundiais que almejam reativar o acordo nuclear de 2015 estão tentando acertar uma data para a retomada das conversas em Viena o mais cedo possível, disse um porta-voz da União Europeia nesta sexta-feira.

Depois das conversas desta semana em Bruxelas, o principal negociador iraniano disse que as negociações na capital austríaca recomeçarão até o final de novembro.

Peter Stano, porta-voz da UE, disse que a reunião de 27 de outubro em Bruxelas foi "útil" e que "ajudou a definir um caminho adiante para retomar as negociações em Viena".

"Estamos trabalhando junto com outros parceiros, incluindo o Irã e outros signatários (do acordo nuclear com o Irã), para acertar uma data concreta o mais cedo possível para nos reencontrarmos em Viena", disse Stano em um briefing.

Em abril, o Irã e seis potências começaram a debater meios de salvar o pacto nuclear de 2015, que três anos atrás o então presidente norte-americano Donald Trump abandonou. Na sequência, Trump reativou sanções que tem prejudicado a economia iraniana ao limitar suas exportações de petróleo.

Mas as conversas estão travadas desde a eleição de junho do presidente iraniano linha-dura Ebrahim Raisi, que se acredita que adotará uma postura mais rígida se as conversas forem retomadas em Viena.

(Por Robin Emmott e Sabine Siebold)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos