Irã e Venezuela assinam plano de cooperação de 20 anos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

(Reuters) - O Irã e a Venezuela assinaram neste sábado um plano de cooperação de 20 anos, enquanto ambos os países, entre os maiores produtores de petróleo do mundo, enfrentam sanções norte-americanas que têm prejudicado suas exportações.

Transmitida pela TV estatal iraniana, a cerimônia de assinatura contou com a presença do presidente iraniano, Ebrahim Raisi, e de seu homólogo venezuelano Nicolás Maduro, e ocorreu no Palácio de Saadabad, no norte de Teerã.

O plano inclui cooperação nas áreas de petróleo, petroquímica, defesa, agricultura, turismo e cultura e foi assinado pelos chanceleres Hossein Amirabdollahian e o venezuelano Carlos Faria.

A medida também inclui a reparação de refinarias venezuelanas e a exportação de serviços técnicos e de engenharia.

Maduro disse por meio de intérprete que em 18 de julho deve começar um voo semanal de Caracas para Teerã.

Mais tarde, Maduro e Raisi participaram de uma cerimônia que marca a entrega à Venezuela do segundo dos quatro petroleiros do tamanho do Aframax, com capacidade para 800 mil barris cada, encomendado à empresa SADRA, do Irã, disse a agência de notícias estatal iraniana IRNA.

(Reportagem Redação de Dubai)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos