Protestos contra resultado das eleições deixa 6 feridos em Paris

Paris, 24 abr (EFE).- Seis pessoas ficaram feridas, entre elas três agentes das forças da ordem, nos protestos organizados em Paris contra o resultado do primeiro turno das eleições presidenciais francesas, deixando também um saldo de 29 detidos, informou nesta segunda-feira à Agência EFE a Polícia local.

No total, os agentes controlaram cerca de 140 pessoas, mas só ficaram sob detenção 29 manifestantes.

As praças da Bastilha e da República foram palco dos manifestos contra a passagem para o segundo turno da ultradireitista Marine Le Pen e do social liberal Emmanuel Macron.

O chamado para a manifestação foi feito por movimentos antifascistas e anticapitalistas, que pretendiam montar "barricadas" para encenar sua rejeição a entrar no jogo dos políticos e sua vontade de construir "outro mundo".

O protesto foi convocada para as 18h (horário local, 13h em Brasília), duas horas antes do fechamento dos colégios eleitorais, e os distúrbios começaram quando as estimativas de voto apontavam para a vitória do ex-ministro de Economia e a líder da Frente Nacional. EFE

mgr/ma