Irã testa foguete com satélite, diz mídia estatal

DUBAI (Reuters) - A Guarda Revolucionária do Irã testou um novo foguete com satélite neste sábado, informou a mídia estatal, um desenvolvimento que provavelmente irritará os Estados Unidos.

Washington teme que a mesma tecnologia balística de longo alcance usada para colocar satélites em órbita também possa ser usada para lançar ogivas nucleares. Teerã tem negado regularmente ter tal intenção.

"O teste de voo desta transportadora de satélite com um motor de combustível sólido... foi concluído com sucesso", informou a agência de notícias estatal IRNA.

O Ghaem 100, o primeiro veículo de lançamento de três estágios do Irã, será capaz de colocar satélites pesando 80 kg em uma órbita de 500 km da superfície da Terra, disse a IRNA.

Amirali Hajizadeh, chefe da divisão aeroespacial da Guarda Revolucionária que desenvolveu o Ghaem 100, disse que o foguete seria usado para lançar o satélite Nahid do Irã para o Ministério das Telecomunicações, informou a mídia estatal.

A operação deste sábado testou o primeiro estágio suborbital do foguete, acrescentaram os relatórios.

O Irã, que tem um dos maiores programas de mísseis no Oriente Médio, teve vários lançamentos de satélites fracassados ​​nos últimos anos, devido a problemas técnicos.

(Por Dubai newsroom)