Irã ultrapassa os 100 mil mortos por Covid-19

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Irã ultrapassou, nesta quinta-feira (19), as 100 mil mortes causadas pela Covid-19, segundo informou o Ministério da Saúde do país.

A marca foi atingida poucos dias depois de o governo adotar, na segunda (16), uma série de restrições para tentar frear a disseminação do vírus, incluindo a proibição de viagens de carro entre províncias e o fechamento de escritórios, bancos e serviços considerados não essenciais.

País do Oriente Médio mais afetado pela pandemia, o Irã enfrenta um aumento de casos desde o início do mês (que o governo chamou de "quinta onda"), por causa do avanço da variante delta. Nas últimas 24 horas, as autoridades registraram mais de 31 mil novos casos e 564 óbitos.

Com as agora 100.255 mortes registradas, o Irã se torna o 13º país do mundo a superar a marca de 100 mil, depois de EUA, Brasil, Índia, México, Peru, Rússia, Reino Unido, Itália, Colômbia, Indonésia, França e Argentina.

Segundo o vice-ministro da saúde, Iraj Harirchi, o número de infecções e hospitalizações se estabilizou em 14 províncias, mas o governo espera um aumento no número de mortes nos próximos dias.

As restrições começaram a valer em meio à Ashura, tradicional cerimônia xiita que geralmente reúne multidões, mas não se aplicam a eventos ao ar livre. "O comportamento dos peregrinos vai determinar a evolução do coronavírus", disse Harirchi.

Desde o começo da pandemia, o Irã registrou mais de 4,5 milhões de casos de Covid. Números que, de acordo com as próprias autoridades, estão subnotificados. O país enfrenta dificuldades em comprar vacinas, atribuídas pelo governo a sanções econômicas impostas pelos EUA. Até agora, cerca de 5% da população adulta tomou as duas doses, e 13%, pelo menos uma.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos